23.9.09

RIP Cade

» 1985 - 2009



2009 vai ficar para sempre marcado pela negativa na memória e coração de muitos writers portugueses. Pouco mais de um ano após o falecimento de Kver, o writer Cade - VDS Crew - deixou-nos. Foi no passado sábado, dia 19. À família, amigos e a toda a crew VDS, as nossas condolências.

Descansa em paz Cade.











» HOMENAGEM DE PARIZ

"Sandro Miguel aka Cade - VDS Vrew - nascido no dia 24 de Agosto de 1985, deixou a sua família, amigos e crew no dia 19 do corrente mês.

A notícia caiu que nem uma bomba no peito de todos nós. Mais que um writer, Cade era um amigo, irmão, reservado e sorridente, cheio de vida e que adorava pintar. O que o motivava era toda a emoção, adrenalina e conversa com o crew após cada missão, mas não foi o suficiente para abraçar a vida nos últimos meses. Encontrava-se desmotivado e em depressão guardou isso para ele, e com ele levou a própria vida.

Nos últimos dias de vida marcou todos os spots que tinha para marcar, sozinho. Uma chamada de atenção, talvez, já que pintava sempre acompanhado. Penso que encontrou no graffiti o seu ultimo refugio.

O seu velório teve lugar na Igreja de Rio De Mouro e o seu funeral decorreu ontem. Pessoalmente não tive coragem de ir, o velório já representou uma despedida suficientemente forte. O Cade levou ao peito uma lata de spray a pedido da família, e uma t-shirt VDS. O céu abriu portas ao Cade.

O nome Cade vai com a VDS para todo lado. A saudade não nos vai deitar a baixo e vai dar-nos mais força para sair para as ruas e pintar o seu nome, levando-o sempre connosco, pois para nós o Cade não morreu, foi o seu corpo que partiu.

Vamos catalizar todas as nossas energias positivas em style, em vida, porque graffiti é vida, é dizer "eu estou aqui". Quanto a ti Cade, resta-me dizer nós estamos aqui...contigo.


Descansa em Paz. The good die young.


Se querem mostrar o quanto gostam de alguém façam-no sem medo ou vergonha. Dizer que gostamos ou amamos não é motivo de vergonha ou fragilidade mas sim motivo de orgulho.
Eu tive a felicidade de fazê-lo com o Cade em vida.

Façam graff para quem amam em vida e para que vejam a emoção nos seus olhos. Quando partem e fazemos dedicatórias ou peças para eles estamos a reconfortar-nos a nós próprios. É uma forma de suavizarmos a dor, é um adeus em cada traço, um importante e valioso adeus. Em vida é um "Olá eu amo-te".


Pariz One








VDS CREW
Pariz, Cesar, Erom, Eko, Morta, Heroi, Angel, Acet, Ante.
SEMPRE CONTIGO*

2 comentários:

Arth disse...

R.I.P.
Uma perda para todo o mundo da arte urbana que é o graffiti.

KORE disse...

RIP

The good die young.