5.1.09

Galeria de Arte Urbana

// Rua de São Bento

Cruzar o património histórico e cultural da Rua de São Bento com a dinâmica urbana e contemporânea do evento Wild Painting Party Lx foi o desafio proposto para a criação do projecto "Rua de São Bento Galeria Viva de Arte Urbana". Convidámos os artistas participantes no WPP Lx, que é organizado pela associação Vaqueros de Barcelona, e outros que também quiseram aderir, para intervirem em espaços da rua, descrevendo o percurso urbano entre o passado e o presente que caracteriza a Rua de São Bento.

A rua é um espaço habitado, frequentado e participado, assim, este cruzamento baseia-se na interacção entre os artistas e os espaços existentes, numa fusão que ambiciona valorizar ambos: expressão e espaço. As intervenções serão conceptualizadas de acordo com as características dos espaços propostos, afirmando a presença da arte urbana na sua relação com o público e com os suportes em que se concretiza, descrevendo na Rua de São Bento um percurso de comunicação artística que permita esbater fronteiras estéticas, temporais e geracionais.

Os espaços propostos para a criação desta "Galeria Viva de Arte Urbana" são espaços degradados ou desocupados na Rua de São Bento, marcas da evolução ou da degradação do espaço urbano, que estabelecem relações negativas com o público. São por isso as pontes ideais para a expressão artística, em especial para a arte urbana, enquanto acção humanizadora e transformadora do espaço em diálogo permanente com as pessoas que nele vivem.

A primeira peça desta galeria foi pintada no dia 15 de Setembro pelos artistas Kenor e Sensible, o vídeo está disponível no YouTube:



Até ao final das Noites de São Bento, no dia 27 de Setembro, vão surgir obras de Vhils, Target, Fidel, Ficto, entre outros artistas.

Esta iniciativa da ACRSB foi possível graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa, em especial da Unidade de Projecto de São Bento, e dos proprietários dos espaços e paredes desta galeria: S.C.M.L., Construções 686 e EPUL.

*Info: Rua de São Bento

2 comentários:

Flávio disse...

boa cena terem usado janelas e portas fechadas como forma de telas!

Marta Guerreiro disse...

Se gostas de graffiti do que estás a espera? Mas mesmo que odeies, aparece para cascar!
Participa dia 16 de Junho de 2009, pelas 18:00h na Biblioteca UNL no Campus de Caparica, na inauguração da exposição Terroir Graffiti

A exposição integra uma dimensão extramuros, onde um Writer será acompanhado na sua actividade por uma equipa de filmagens que produzirá um documentário, outra intramuros que consiste na pintura de um mural do Campus de Caparica e uma terceira indoor, instalação efémera de artes plásticas.

Poderás participar no debate que reúne artistas, investigadores no campo das ciências sociais e outras individualidades que trabalham sobre o tema da arte urbana.

Local: Biblioteca UNL no Campus de Caparica – Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa
Data: 16 de Junho a 11 de Setembro de 2009
Horário: 16 de Junho a 19 de Julho, 2.ª a 6.ª, das 09:00h às 20:00h.
20 de Julho a 11 de Setembro, 2.ª a 6.ª, das 09:00h às 17:00h.
Para mais informações: http://biblioteca.fct.unl.pt
http://bibliotecaunl.blogspot.com/

Como cá chegar:
http://www.fct.unl.pt/candidato/como-chegar-a-fct