30.1.09

Carthelp

// Colaborações



Mais uma vez o apelo ás vossas colaborações. Todos os dias os fotolog's andam cheios, os myspace's e flickr's actualizados, e nada chega ao cartelurbe@gmail.com.
Todas as colaborações são bemvindas e necessárias porque aguentar o leme sozinho não é tarefa fácil.

O objectivo continua a ser divulgar o graffiti em Portugal e não "A" e "B", numa prespectiva diferente e informativa, numa tentativa de aproximação de todos os writers enquanto comunidade criativa e com potencial, mas também do graffiti ao público.

Um dos pormenores que faltavam era a possibilidade de acompanhar o blogue. Tornem-se, agora, "seguidores". Participem, comentem, divulguem, colaborem. As mais de 14500 visitas provam que vocês passam cá...e isso é motivador. Obrigado!

Paz, muita tinta e criatividade.

Cartel Urbe

4 comentários:

Tom disse...

So' tenho uma coisa a dizer, não e' uma critica mas sim um reparo e justifico esta minha opinião pois acabei de ver o site do "museu efemero",


não ha' duvida que os visados no mesmo têm a sua grande importancia a que ja' tiveram e que continuam a ter não e' isso que me chateia pois inveja ja' existe muita, o que me chateia e' ver que hoje em dia no presente do graffiti, existe muita gente que não tem o respeito devido nem o merito que por aquilo que fazem têm obrigatoriamente, essas pessoas que por somente não quererem colaborar com divulgações dos seus trabalhos são simplesmente esquecidos, postos de parte, substituidos por aqueles que não se importam de divulgar o que fazem, ou seja diferentes posturas neste mundo fazem com que o patamar atingido seja diferente quando o criterio deveria ser o trabalho e não a exposição de cada um, com isto não quero dizer que andam uns a tirar o lugar aos outros embora isso por vezes também aconteça, mas não se trata disso, não se trata de uma guerra mas sim de um reconhecimento que deveria existir e não existe porque simplesmente as novas gerações de pintores estão mais virados para a internet e a unica informação que obtêm e' da internet, quem n esta' na net não existe simplesmente, e' esse o motivo que me chateia,

e' obvio que isso e' mais um factor da globalização e de uns não quererem compactuar e outros sim, podem até dizer, "quem não o faz problema deles" mas nesse caso entra a atitude perante o graffiti e a atitude sempre foi um factor de extrema importancia no graff, considero que seja tambem por isso que alguns escolhem essa não colaboração, o que estou a tentar dizer e' que ao contrario do autor deste espaço quando diz "falta colaboração" eu acho que ja' ha' colaboração, o que falta e' pessoas que tenham a paciencia, o amor, o tempo, e tudo mais para andar a procura, perguntar onde esta', ir fotografar insistir com quem e' reticente a exposição, falta quem puxe as pessoas e os trabalhos, os trabalhos estão nas ruas, nas linhas são pra toda gente ver e fotografar, não têm dono legitimo, acho que esta' na hora de uma atitude em prol do graffiti de modo conseguir um resultado real do que se esta' a passar.

Anónimo disse...

Seria melhor se centenas desses writers, seja de que gerações forem, não actualizassem o fotolog todos os dias e apagassem comentários pondo todos num só, para ganharem espaço para mais.

Essa moral é bonita, mas não faz grande sentido. Percorre fotologs e pensa sobre isso. Aliás, em cada post a maior parte deles exibe frases de troféu...essa arrogância, já que existe, podia ser passada para blogs como o Cartel se fossem por mera divulgação. Aquilo que eu penso é que publicar uma foto na net sem ter 30 comentários a lamner-lhes o rabinho não vale a pena.

É o jogo dos supostos reizinhos. Hoje em dia qualquer puto que faça um bombing é apelidado de king por toda a gente. Tamos a chegar ao ridiculo e pa variar em vez de se colaborar realmente com este blog e o valorizar, vem para aqui fazer "reparos".

Fodass ganhem vergonha!

Tom disse...

ja' sabia que se não valorizasse o blog ia levar com alguem, mas parabens por dizeres o mesmo que eu e ainda juntar um pouco de merda.


Não te conheço mas a falar assim e's do graff certamente.



*

Cartel disse...

Tom, concordo plenamente contigo, partilho mesmo da tua opinião, sem tirar nem por.

Acho que é uma visão correcta e de quem está atento, gosta e percebe de graff. O que te posso dizer é que a montra é a rua, e aí cada um respeita os que quer e desvaloriza os que quer. A internet é um meio de divulgação e como tu dizes só mesmo quem quer colabora.

Por vezes não são publicadas cenas exactamente por esse motivo, por respeito a quem prefere não ver os seus trabalhos divulgados na internet.

Por outro, torna-se dificil ter um emprego, uma vida, responsabilidades, e gerir algo que no fundo procura ser "nacional". Isto é, é complicado ter tempo para estar na rua de máquina na mão...como se calhar é complicado para quem anda de máquina na mão fazer um blog.
Daí o apelo à colaboração..se uns fazem uma parte e não podem fazer a outra, e vice-versa, que se ajudem mutuamente em prol de uma comunidade inteira.

Obrigado por passares e continuares a comentar.

Um abraço